Serviço Filmar em Portugal – Açores

Simulador

Já está disponível no e-Portugal o formulário para processos de filmagens nos Açores.

A partir de hoje, os pedidos de filmagens na Região Autónoma dos Açores já podem e devem ser efetuados através do serviço “Filmar em Portugal”.

Esta ferramenta da plataforma ePortugal.gov.pt vem simplificar e facilitar o processo de filmagens em Portugal, identificando os procedimentos e as entidades envolvidas a nível de licenciamento, autorização ou comunicação prévia das filmagens.

O desenvolvimento e implementação do serviço “Filmar em Portugal” resulta do trabalho colaborativo entre a PFC, a AMA e as entidades responsáveis pelos processos de autorização de filmagem, com vista a melhor disponibilizar a informação e acesso aos pedidos administrativos a qualquer cidadão, nacional ou estrangeiro.

Agradecemos à Direção Regional de Turismo dos Açores pela pronta disponibilidade e colaboração para a concretização de mais um passo neste processo.

Saiba mais sobre a Recolha de Imagens nos Açores e sobre o Serviço Filmar em Portugal, aqui: https://eportugal.gov.pt/fichas-de-enquadramento/filmar-em-portugal

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Fotografia em que se vê a sala do Museu Judaico da Aldeia Histórica de Belmonte cheia, enquanto o público assiste à intervenção de uma oradora.

Portugal Film Commission integra consórcio das Aldeias Históricas

Fotografia de uma lona que diz "Portugal 2024" no Festival de Berlim

Portugal aposta na inovação durante a 74.ª Berlinale

Podcast da Portugal Film Commission com novos episódios

Podcast da Portugal Film Commission com novos episódios

Portugal reforça laços no âmbito do cinema e do audiovisual ibero-americano

Portugal reforça laços no âmbito do cinema e do audiovisual ibero-americano

Logotipo da Portugal Film Commission e do FOCUS.

Portugal Film Commission marca presença no FOCUS 2023

Fotografia em que se vê a piscina do hotel, com várias árvores ao fundo, e duas personagens sentadas junto à água.

Hotel de “Mal Viver” é finalista do prémio para melhor cenário europeu